Sexta-feira, 29 de Outubro de 2010

 

No dia 22 de Outubro, fomos ao edifício do Chiado, onde actualmente funciona um núcleo do Museu da Cidade. Há cem anos atrás, poucos meses antes da implantação da República, era inaugurada em Coimbra uma dependência dos Grandes Armazéns do Chiado. O Clube do Património correspondeu ao convite para comemorar este centenário.

 

 

O salão principal do Museu alberga agora uma exposição comemorativa, reconstituindo o ambiente ddos inícios do século XX. Observámos o vestuário e acessórios de moda, os brinquedos e o mobiliário, os chapéus e as sombrinhas, louças e vidros, as lunetas e os lavatórios, os botões e os tecidos vendidos a metro, fatos e produtos de cosmética, enfim, tudo o que se quisesse, o Chiado vendia!

 

 

As peças que mais nos chamaram a atenção foram a caixa registadora, o berço, o lavatório e o penico. cCda peça estava marcada com o preço da época. Os armazéns foram inaugurados poucos meses antes da revolução republicana, quando as moedas utilizadas eram os réis, ainda antes dos escudos. A Ágata, a nossa anfitriã que muito amavelmente nos guiou na visita à exposição, emprestou-nos umas cópias de notas antigas para comprarmos uns artigos na retrosaria.

 


 

Seguidamente, subimos ao último piso do edifício onde nos divertimos bastante. Com cartolina, pano, cola e agrafos, montámos umas cartolas e umas tiaras, bem na moda.... de há 100 anos!


 

Divertimo-nos tanto que prometemos voltar ao Chiado, pois a Ágata disse-nos que há mais surpresas, mais actividades e mais diversão. Adeus e até à próxima, Ágata. Muito obrigado!

 




publicado por AS às 21:42

Agrippina Maior (14 a.C. — 18 de Outubro de 33) foi filha de Marco Vipsânio Agripa pela sua terceira mulher Júlia a Maior, e portanto neta de César Augusto, primeiro imperador romano. Agripina casou com Germânico, e foi mãe de Agripina Menor e do imperador Calígula.

Agripina era um das matronas mais populares do início do Império Romano. Através do seu marido Germânico, um dos membros mais populares da família imperial, detinha também o afecto da população. Apesar de ir contra os costumes que não permitiam  às Senhoras sair de Roma, Agripina insistiu em acompanhar Germânico nas suas campanhas, levando consigo os filhos. Das nove crianças que deu à luz, duas nasceram na Gália e outros dois nos acampamentos militares da Germânia Inferior.

Depois de seu filho Gaius César (mais conhecido como Calígula) subir ao trono, a sua memória foi reabilitada e as suas cinzas trazidas para Roma.

 

Texto redigido a partir da Wikipedia



publicado por AS às 20:09
Blogue oficial do Clube do Património da Escola Básica Eugénio de Castro - Coimbra
mais sobre mim
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
19
20
21
22
23

24
27
28
30

31


pesquisar neste blog
 
subscrever feeds
blogs SAPO