Segunda-feira, 25 de Outubro de 2010

 

Trajano (53 - 117) nasceu em Itálica, na Bética, no sul da Hispânia, em 53 d.C. Foi imperador romano de 98 a 117. De família nobre, comandou uma legião na Hispania e participou das campanhas na Germânia. Em 91, foi nomeado cônsul por Domiciano. O imperador Nerva adoptou-o como seu sucessor e, em 98, foi nomeado imperador.

Eficiente administrador, reorganizou o império, com apoio do senado que lhe concedeu o título excepcional de Optimus Princeps. Manteve um contacto permanente e íntimo com os intelectuais de Roma. Reactivou o comércio e a agricultura, reduziu os impostos e realizou um ambicioso programa de obras em todo o império. Além de edifícios públicos, como o novo fórum de Roma, construiu estradas, pontes, aquedutos, portos, termas e banhos públicos e infra-estruturas sanitárias. Algumas dessas obras sobrevivem ainda. O seu prestígio deveu-se também às conquistas militares e territoriais, destinadas a aumentar e consolidar o poder de Roma e a proporcionar os recursos necessários para suas reformas.

Sob seu reinado o Império Romano atingiu sua máxima extensão. Após este período, com o seu filho adoptado, Adriano, a contenção dos vastíssimos territórios geográficos conquistados (de Portugal à Pérsia, da actual Inglaterra ao Egipto), passou a ser prioridade.

Derrotou os partos e os arménios e lutou contra os dácios em duas batalhas que são celebradas nas cenas em relevo da coluna de Trajano, em Roma. As riquezas obtidas dos saques destas regiões conquistadas serviu para o financiamento de novas construções.

 

Texto redigido a partir da wikipedia



publicado por AS às 10:33
Blogue oficial do Clube do Património da Escola Básica Eugénio de Castro - Coimbra
mais sobre mim
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
19
20
21
22
23

24
27
28
30

31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO