Sexta-feira, 15 de Outubro de 2010

 

Em 1888, foi descoberta uma lápide que mencionava a Civitas Aeminiensis, demonstrando assim qual era o nome antigo da cidade de Coimbra: Aeminium. Foi precisamente a observar este importante achado que iniciámos a nossa visita ao Criptopórtico do Museu Machado de Castro.

 

 

De facto só quando o bispo de Conimbriga fugiu para a nossa cidade, no séc. VI, é que a cidade deixou de ser conhecida como Aeminium. Por volta de 586, Aeminium acabou por tomar o nome de Colimbria, de onde derivaria depois o nome de Coimbra.

 

Do tempo dos romanos, Coimbra conserva já poucos vestígios, ainda que o criptopórtico seja um dos maiores edifícios romanos existentes em Portugal.

 

 

O criptopórtico é uma estrutura abobadada de pedra construída para servir de suporte ao forum da cidade. Na fotografia seguinte podemos ver uma pequena maquete que reconstitui o forum de Aeminium.

 

 

Durante as escavações, foi achada uma pequena ara consagrada ao génio da basílica, sugerindo que a basílica era um dos edificios que integrava o forum. Durante as escavações encontraram-se ainda quatro cabeças de mármore:

 

 

Agripina

 

 

 

Lívia

 

 

 

Vespasiano a "conversar" com o João Tiago e a ser abraçado pelo Bernardo!

 

 

 

Trajano

 

 

Os nossos colegas estão neste momento a pesquisar informações na biblioteca sobre estas personagens.

 

Para escrever este texto consultámos o seguinte livro: Jorge Alarcão - ''Portugal Romano''; Lisboa; 1983; páginas 95 a 98.



publicado por AS às 15:38
Blogue oficial do Clube do Património da Escola Básica Eugénio de Castro - Coimbra
mais sobre mim
Outubro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
19
20
21
22
23

24
27
28
30

31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO