Sábado, 19 de Maio de 2012

 

 

Depois de uma tentativa falhada, lá conseguimos apanhar o comboio para Montemor-o-Velho. Desta vez nós chegámos a tempo, o comboio é que partiu 8 minutos atrasado! 

 

O objetivo da nossa visita não era conhecer a vila de Montemor, dado que o apeadeiro fica muito longe do centro histórico. Pretendíamos sim conhecer os campos do Mondego e experimentar este meio de transporte. A excitação era grande, tanto mais quanto havia quem nunca tivesse andado de comboio.

 

 

 

Até meados do séc. XIX, os transportes terrestres em Portugal eram lentos, perigosos e caros. A rede de estradas era muito insuficiente, de Lisboa a Coimbra gastavam-se dois dias de viagem! Por isso, a maior parte dos transportes fazia-se por via marítima e fluvial. 

 

Só em 1856, foi inaugurado o primeiro troço de caminho de ferro no nosso país, entre Lisboa e o Carregado, com décadas de atraso relativamente aos principais países europeus e não sem acesa polémica. Alexandre Herculano e Almeida Garrett, por exemplo, opuseram-se mesmo à introdução deste meio de transporte.

 

 

 

Foi Fontes Pereira de Melo, enquanto ministro das Obras Públicas, quem tomou a decisão de iniciar a construção da rede ferroviária nacional que demorará mais de meio século a concluir. O comboio a vapor torna-se um verdadeiro símbolo do progresso, pois é «através do comboio que a rapidez do homem excede a do vento», dizia-se na época com otimismo. A linha da Beira Alta, ligando a Pampilhosa a Vilar Formoso, foi inaugurada em 1882, sendo depois prolongada até à Figueira da Foz.

 

  

 

Após a saída da estação de Coimbra-B, atravessámos a bela mata do Choupal. Apesar de muito degradada, esta mata conserva ainda a sua beleza. Com as suas árvores frondosas, foi em tempos local inspirador para os poetas da cidade, sendo hoje um local de desporto e recreação. Um pouco mais à frente, passámos por Bencanta, onde se situa a Escola Superior Agrária que já conhecemos.

 

 

 

Entrámos depois nos campos do Mondego, planos e fertilíssimos, constituindo uma das mais belas paisagens da nossa região. Leiam só o que diz o «Guia de Portugal», o mais antigo e um dos mais célebres roteiros turísticos do nosso país: «A estrada de Coimbra à Figueira, alcatroada e cheia de sombras, atravessa uma região lindíssima. É a paisagem de horizontes alongados e atmosfera suave tão característica das baixas do Mondego: região verdejante e húmida, acariciada por uma luz de inigualável doçura.»

 

 

 

Passámos depois por Taveiro e pela Vila de Pereira. Aí o nosso amigo Dany ficou emocionado, pois atravessávamos agora os seus domínios. O Dany confidenciou-nos que é em Taveiro que toca trompete, residindo na bela e antiquíssima Vila de Pereira, famosa pelos seus monumentos e pelas suas queijadas! Fica prometida uma visita a esta localidade!

 

 

 

A estação de Alfarelos é um importante ponto de ligação ferroviária entre as linhas do Norte e do Oeste. A localidade é pequena e faz parte do concelho de Soure, tendo-se tornado conhecida principalmente por causa da circulação dos comboios. Logo a seguir, chegámos por fim ao apeadeiro de Montemor. Descemos do comboio e aguardámos o comboio! O apeadeiro fica muito afastado da importante vila histórica de Montemor-o-Velho, pelo que aguardámos ali mesmo a chegada do comboio que nos haveria de levar novamente a Coimbra.

 

  

 

E assim passámos mais um dia. Para a semana, está agendada uma visita ao Departamento de Física da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, em mais uma organização da professora Ana. Na semana seguinte, dia 1 de junho, não haverá nenhuma saída, pois no sábado, dia 2, visitaremos a bela cidade de Viseu. A professora Conceição está a ultimar os preparativos de visita ao Museu Grão Vasco e à Sé, entre outros locais. Já há poucas vagas. Se algum dos vossos familiares quiser participar, é favor contactar um dos professores responsáveis.

Entretanto, a feira do livro de Coimbra será inaugurada no dia 25. Infelizmente, este ano não temos disponibilidade para a visitar, desafiem pois os vossos pais. Até para a semana!

 

 

 



publicado por CP às 08:26
Blogue oficial do Clube do Património da Escola Básica Eugénio de Castro - Coimbra
mais sobre mim
Maio 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

13
14
15
16
17
18

20
21
22
23
24
25

27
28
29
30
31


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO